Veranico deve afetar rendimento da soja da Cocamar no norte do PR

Divulgação

A expectativa inicial da Cocamar, uma das maiores cooperativas agrícolas do Paraná, era ter uma ótima safra de soja em 2016/17. O clima, porém, diminuiu o entusiasmo dos produtores cooperados da Cocamar.

Logo após o plantio, no fim de setembro, a região de Maringá e Londrina – no norte do Estado, onde ficam as principais áreas de atuação da cooperativa – passou por um veranico que já comprometeu a produtividade das lavouras. O prejuízo, no entanto, é mais acentuado para os produtores que plantaram sementes precoces, com ciclos de até 110 dias. Assim, não deve haver um impacto drástico sobre os números totais da safra.

"Plantei 70% das lavouras com [soja] precoce, como fiz no ano passado, mas desta vez me dei mal. Esperava produzir 60 sacas por hectare e não vai passar de 50", afirmou Osvaldo Tezolin, que tem 120 hectares em Maringá e deve começar a colheita em oito dias. "O problema é que novembro era o período para o crescimento das plantas e enchimento dos grãos, que ficaram menores com o clima frio e seco".

Tezolin faz parte dos 13 mil cooperados da Cocamar, que têm recebido informações muito díspares sobre a temporada. Segundo Emerson da Silva Nunes, coordenador técnico da cooperativa, em janeiro, as chuvas no Paraná e no sul de Mato Grosso do Sul estão muito irregulares, com variação entre 3 mm e 120 mm.

"Isso muda muito a expectativa dos cooperados para uma faixa extensa de produtividade, entre 20 sacas a 50 sacas por hectare", explicou ao Valor, em visita durante o Rally da Safra 2017, expedição técnica realizada pela Agroconsult, que monitora as áreas de produção do Brasil.

Na média, a cooperativa calcula que a produtividade da soja na safra 2016/17 ficará em 3.100 quilos por hectare (52 sacas) ante estimativa inicial de 3.500 quilos por hectare (58 sacas), mas acima dos 2.750 quilos por hectare (47 sacas) da safra 2015/16, quando a região passou por forte estresse hídrico devido ao fenômeno climático El Niño.

Com isso, a produção deve alcançar cerca de 2,4 milhões de toneladas considerando a área de plantio de 800 mil hectares dos cooperados da Cocamar no norte paranaense, sudoeste de Mato Grosso do Sul e sudeste de São Paulo.

A repórter viajou a convite da Agroconsult

Por Fernanda Pressinott | De Maringá (PR)

Fonte : Valor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.