Venâncio Aires decreta situação de emergência por conta das chuvas

Por conta da cheia do rio Taquari, que atingiu cerca 1,5 mil famílias. a prefeitura de Venâncio Aires decretou situação de emergência no município. O rio ultrapassou a sua marca histórica de aproximadamente 21 metros e transbordou atingindo todas as ruas do perímetro central de Vila Mariante e outras seis localidades da cidade.

Com base nos laudos emitidos pela Defesa Civil de Venâncio Aires, em conjunto com secretarias municipais e o escritório local da Emater/ Ascar-RS, os danos chegaram a R$ 1.106.632,45. Foram avaliados R$ 292.827,45 em prejuízos decorrentes de danos estruturais em pontes, ruas e estradas, bueiros e canalizações, paradas de ônibus e calçamentos. E para as áreas de agricultura e pecuária em geral foram calculados R$ 813.805,00 entre perdas de insumos, animais e plantações.

A cidade viveu, no início do ano, um cenário bem diferente. A estiagem foi a vilã de vários setores, sobretudo a agricultura. Por alguns meses, serviços que dependiam da água sofreram com restrições.

A Defesa Civil protocolou ainda, junto a secretaria de Planejamento e Urbanismo, uma atualização do mapa das regiões atingidas pela enchente para que sejam revistos os terrenos inundáveis. A intenção é de que, com essa revisão, os proprietários de imóveis possam receber também a isenção de 40% do IPTU nos próximos exercícios. A Fazenda irá avaliar a concessão desse benefício.

Fonte: Jornal do Comércio