Vendas de fertilizantes continuam aquecidas

As entregas de fertilizantes das empresas misturadoras aos consumidores finais somaram 1,777 milhão de toneladas no Brasil em abril, conforme informações divulgadas pela Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda). Em relação ao mesmo mês do ano passado, houve aumento de 14,2%, influenciado pela demanda para o plantio de inverno desta safra 2012/13 e também pela antecipação de compras visando à semeadura da próxima safra de grãos de verão, que terá início em setembro.

Mais uma vez o incremento foi atendido com importações, que inclusive superaram as entregas, o que pode indicar que as empresas do segmento já estão garantindo oferta tendo em vista uma provável concentração das vendas no terceiro trimestre. Conforme a Anda, entraram no país no mês passado 1,901 milhão de toneladas de fertilizantes intermediários, 54,4% mais que em abril de 2012. Já a produção nacional caiu 7,3%, para 730 mil toneladas. Os fertilizantes intermediários são "misturados" de acordo com diferentes formulações para a fabricação dos adubos depois adquiridos pelos produtores rurais.

Com esses resultados, as entregas alcançaram 7,19 milhões de toneladas no primeiro quadrimestre, um crescimento de 4,7% sobre igual intervalo do ano passado, as importações aumentaram 28,9% na comparação, para 5,499 milhões de toneladas, e a produção nacional chegou a 2,985 milhões de toneladas, com um leve retração de 0,1%.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3126004/vendas-de-fertilizantes-continuam-aquecidas#ixzz2TSyJmVpD

Fonte: Valor | Por Fernando Lopes | De São Paulo

Compartilhe!