Vendas de colheitadeiras cresceram 43,4% até outubro

As vendas de tratores e colheitadeiras das indústrias para as revendas registraram desaceleração em outubro na comparação com o mesmo mês de 2012. Mas no acumulado de 2013 ainda tiveram forte alta em relação aos dez primeiros meses de 2012, conforme apurou o Valor.

A comercialização de tratores no mês passado teve ligeira queda de 1,38% ante outubro do ano passado, para 5,909 mil unidades. Já no acumulado deste ano, as vendas de tratores totalizaram 56,813 mil unidades, alta de 20% sobre as 47,344 mil unidades comercializadas no mesmo período do ano passado.

As vendas internas de colheitadeiras somaram 728 unidades em outubro, queda de 11,32% sobre o mesmo mês de 2012. Mas de janeiro a outubro deste ano, a comercialização dos equipamentos foi de 6,381 mil unidades, crescimento de 43,4% sobre igual intervalo do ano passado.

As vendas se referem às principais empresas que atuam no país, ligadas à Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Em agosto, a entidade revisou suas estimativas para o setor diante do grande crescimento registrado na comercialização de máquinas agrícolas, provocado por uma combinação de fatores como a boa capitalização dos produtores rurais e juros baixos do Programa de Sustentação do Investimento (PSI, do BNDES).

A previsão é que as vendas de todos os equipamentos (tratores, colheitadeiras, cultivadores e retroescavadeiras) totalizem 83 mil unidades em 2013, o que representará incremento de 18,4% sobre 2012, quando foram comercializadas 70,1 mil unidades.

Já para a produção, a estimativa é que atinja 95 mil unidades este ano, alta de 13,5% sobre as 83,7 mil fabricadas em 2012. Já as exportações deverão cair 17,2%, para 14 mil unidades.

Representantes do setor estimam que as vendas de máquinas agrícolas vão desacelerar no próximo ano em decorrência do grande crescimento registrado desde o segundo semestre de 2012.

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3327804/vendas-de-colheitadeiras-cresceram-434-ate-outubro#ixzz2jltql3m6

Fonte: Valor | Por Carine Ferreira | De São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *