Venda de etanol cresce 13,6% em setembro sobre 2012, aponta Unica

Aumento foi impulsionado pelas vendas ao mercado doméstico, que somaram 1,92 bilhão de litros; no acumulado da safra 2013/2014, produção cresceu 24,48%

Sxc

Foto: Sxc / Divulgação

Volume de cana processado pelas usinas do Centro-Sul do País caiu 20,3% na segunda quinzena de setembro

O volume de etanol comercializado pelas unidades produtoras da região Centro-Sul foi de 2,24 bilhões de litros em setembro, alta de 13,59% sobre um ano atrás. Segundo a União da Indústria da Cana-de-açúcar (Unica), o crescimento foi impulsionado pelas vendas ao mercado doméstico, que somaram 1,92 bilhão de litros, frente a 1,49 bilhão de litros em setembro de 2012. Em contrapartida, as exportações recuaram 32,75% no comparativo com a safra anterior, totalizando 321,80 milhões de litros.
"Deste volume destinado ao mercado interno, 1,14 bilhão de litros refere-se ao etanol hidratado, contra 959,03 milhões de litros observados em setembro do último ano. Já o volume comercializado de etanol anidro alcançou 770,22 milhões de litros em setembro deste ano, representando um crescimento de 44,85% sobre o valor registrado em 2012", apontou a Unica em nota distribuída nesta quinta, dia 10.
No acumulado de abril até 1º de outubro, as vendas de etanol somaram 13,23 bilhões de litros, contra 10,72 bilhões comparativamente ao mesmo período da safra passada. Do volume total comercializado em 2013, 11,27 bilhões de litros destinaram-se ao mercado doméstico e 1,96 bilhão de litros à exportação.

ATR
De acordo com a Unica, a concentração de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) por tonelada de matéria-prima processada totalizou 150,32 quilos nos últimos 15 dias de setembro, próximo aos 150,14 kg na mesma quinzena de 2012. "Porém, no acumulado desde o início da safra 2013/2014 até 1º de outubro, o teor de ATR alcançou 133,08 kg por tonelada de cana-de-açúcar, frente a 133,70 kg apurados em idêntico período do último ano."
"O clima observado na segunda metade de setembro já promoveu uma retração na concentração de açúcares na planta, a qual deve ser refletida nos dados de produção da primeira quinzena de outubro", afirmou no comunicado o diretor-técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues.
Produção

A produção de etanol no Centro-Sul na segunda quinzena de setembro foi de 1,6 bilhão de litros, crescimento de 11,2% ante o mesmo período de 2012 (1,44 bilhão de litros). Assim como as chuvas trouxeram impacto no volume processado, a produção de etanol também caiu ante a primeira quinzena de setembro. No período, foram produzidos 1,88 bilhão de litros.
Nos últimos 15 dias de setembro, a produção de etanol anidro foi 12,24% maior na comparação com 2012, com 711,49 milhões de litros. Já o etanol hidratado somou 885,61 milhões de litros (+10,3%).
No acumulado desde o início da safra 2013/2014 (1º de abril até 1º de outubro), a produção de açúcar cresceu 5,03%, totalizando 25,21 milhões de toneladas. Já a produção de etanol somou 18,83 bilhões de litros – 8,07 bilhões de litros de etanol anidro e 10,76 bilhões de litros de etanol hidratado – aumento de 24,48% sobre o mesmo período da safra anterior. 

Chuva reduz moagem em 20,3% na segunda quinzena de setembro

O volume de cana-de-açúcar processado pelas usinas do Centro-Sul do País caiu 20,3% na segunda quinzena de setembro em relação aos primeiros 15 dias do mês devido a chuvas em áreas produtoras. Segundo a Unica, o processamento no período somou 34,16 milhões de toneladas.
"As máquinas que realizam a colheita não conseguem adentrar aos canaviais com o solo muito úmido, o que comprometeu o ritmo de moagem", disse Rodrigues. Por conta disso, o número de dias de moagem perdidos subiu de 3,09 dias na primeira quinzena de setembro para 5,51 dias na segunda metade do mês.
Considerando o acumulado da safra 2013/2014, a moagem cresceu 15,49% ante 2012, totalizando 440,44 milhões de toneladas. Apesar do incremento, a Unica destaca que o volume ainda está abaixo dos 444,88 milhões de toneladas em igual período da safra 2010/2011, quando o Centro-Sul processou 556,95 milhões de toneladas.
O rendimento médio do canavial colhido em setembro alcançou 75,5 toneladas de cana-de-açúcar por hectare, alta de 4,10% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. No acumulado da safra 2013/2014, até o fim de setembro, o rendimento agrícola da área colhida atingiu 82,50 toneladas de cana por hectare, alta de quase 10% em relação a idêntico período de 2012.

Agência Estado

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *