VANTAGEM MOMENTÂNEA – Brasil quer sair na frente no acordo Mercosul-UE para ficar com cotas

O governo brasileiro quer acelerar a aprovação do acordo entre Mercosul e União Europeia pelo Congresso Nacional, pois pode ser beneficiado. Caso o parlamento aprove o acordo e os demais países sul-americanos demorem, o Brasil ficaria momentaneamente com todas as cotas de exportação.

Essa possibilidade de um acordo “bilateral” (Brasil-UE) ainda não está completamente fechada. Foram iniciadas conversas com Argentina, Paraguai e Uruguai para garantir a possibilidade. Também seria necessário que o acordo entrasse em vigor por parte da Europa.

Por Rafael Walendorff, de Brasília

Fonte : Canal Rural

Compartilhe!