Valor da produção do campo bate recordes

Em seu primeiro prognóstico para o Valor Bruto da Produção (VBP) agropecuária do país em 2016, divulgado ontem, o Ministério da Agricultura projetou um montante de R$ 488,1 bilhões, um novo recorde. Se confirmado, o montante será 0,2% superior aos R$ 487,3 bilhões previstos para este ano, também recorde.

Baseado em 21 das mais importantes lavouras do país, o VBP da agricultura deverá totalizar R$ 310,3 bilhões no ano que vem, 0,47% menos que os R$ 311,8 bilhões projetados para 2015. Já o VBP da pecuária, que inclui os cinco principais produtos do segmento, foi estimado pelo departamento de gestão estratégica do ministério em R$ 177,74 bilhões, alta de 1,28% sobre os R$ 175,48 bilhões esperados para este ano.

De acordo com o cenário traçado, a soja continuará a capitanear o VBP e seu avanço. A projeção é de uma expressiva alta de 12% no valor da produção da oleaginosa, para R$ 114,27 bilhões. Para 2015, o montante foi ajustado para R$ 102,22 bilhões.

Na segunda posição da lista, o segmento de bovinos tende a amargar uma queda no VBP em 2016, depois do crescimento significativo deste ano. A estimativa é que o valor bruto da produção do segmento diminua dos R$ 74,51 bilhões, indicados para 2015 para R$ 72,58 bilhões em 2016 – ainda assim, acima dos R$ 69,28 bilhões de 2014.

As novas projeções do ministério também confirmam o cenário em que o valor da produção de frango ultrapassa o da cana-de-açúcar, tendência que veio se desenhando este ano. A perspectiva é que o VBP de frango alcance R$ 53,46 bilhões em 2016, ante os R$ 44,18 bilhões da cana. Para 2015, a expectativa é que esses números fiquem ainda muito próximos, mas já com alguma vantagem para o frango – com R$ 47,58 bilhões, ante R$ 46,82 bilhões da cana-de-açúcar.

Já o VBP do milho deverá cair 5,2% ante os R$ 40,53 bilhões esperados para este ano, para R$ 38,41 bilhões. Com isso, o cereal se aproxima dos níveis de 2014, quando encerrou o ano contabilizando R$ 38,64 bilhões.

O valor da produção do leite também tende a descer um degrau a mais em 2016. De acordo com as novas estimativas do ministério, o VBP do setor deve totalizar R$ 26,98 bilhões, um recuo na comparação com os R$ 27,82 bilhões previstos para este ano e os R$ 30,10 bilhões de 2014.

Os números mostram, ainda, que VBP da agricultura permanecerá concentrado no Centro-Oeste em 2015 (R$ 90,09 bilhões), enquanto o da pecuária será liderado pelo Sul (R$ 56,68 bilhões).

Mais em www.agricultura.gov.br

Por Mariana Caetano | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *