Vaivém – Valor da produção do café deverá subir 18% neste ano

 

O café está entre as commodities que terão as principais recuperações no Valor Bruto da Produção neste ano.

O VBP do produto deverá subir para R$ 23,6 bilhões, valor que, se confirmado, será o maior em quatro anos. O crescimento, em relação ao valor da safra anterior, será de 18%.

Se o café está entre os líderes em evolução percentual, a soja é o grande destaque em valor financeiro.

A estimativa da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura aponta um VBP de R$ 120 bilhões para a oleaginosa, 8% mais do que na safra anterior.

A presença da soja é tão grande no agronegócio que o valor de produção desse produto representa 55% da soma de todos os demais 20 itens incluídos no acompanhamento mensal do Ministério da Agricultura.

 

FRANCA, SP, BRASIL, 11-12-2014: Cafezal da fazenda Aleluia em Franca, que produz café especial para exportação. Depois de dois anos com a alta nos preços do café, os cafeicultores da região da Alta Mogiana --a noroeste de São Paulo e sudoeste de Minas Gerais-- aumentaram os investimentos para a produção de grãos especiais. ( Foto: Edson Silva/Folhapress) ***REGIONAIS***EXCLUSIVO***

Lavoura de fazenda em Franca (SP), que produz café especial para exportação

O VBP total de março, incluindo lavouras e pecuária, atinge R$ 513 bilhões, um valor estável em relação ao de 2015.

As lavouras têm melhor desempenho do que a pecuária. Os 21 produtos agrícolas acompanhados pelo ministério somam um valor financeiro de R$ 367 bilhões, com alta de 2%.

Já os cinco produtos da pecuária –bovinos, frango, suínos, leite e ovos– caíram 3%, para R$ 176 bilhões.

Nesse segmento, todos tiveram queda, puxada por leite e suínos, cujas reduções foram de 11% e 9%, respectivamente.

*Usinas têm ritmo intenso no 1º trimestre e moem 230% mais cana

As usinas que não interromperam as atividades de moagem de cana no primeiro trimestre deste ano foram responsáveis pelo recorde de processamento de matéria-prima na safra 2015/16.

As 137 unidades que mantiveram atividade de colheita na entressafra tiveram um ritmo de atividade intenso.

Os dados da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) apontam moagem de 29 milhões de toneladas de janeiro ao final de março. Esse volume supera em 230% o de igual período anterior.

Os dados finais da safra de cana da safra 2015/16 indicam uma moagem recorde de 618 milhões de toneladas, 8% mais do que em 2014/15.

A produção total de etanol subiu para 28,2 bilhões de litros. Desse volume, 17,6 bilhões foram de etanol hidratado, cujo evolução foi de 13% ante a safra anterior.

Já a produção de açúcar recuou 2,5%, para 31,2 milhões de toneladas.

*Desafios A agricultura moderna tem à sua frente uma necessidade crescente de satisfazer a demanda mundial por alimentos. Para melhorar o desempenho do setor e superar desafios, a Bayer oferece até 50 mil euros para pesquisas inovadoras no setor.
Inovações O programa, de âmbito global, visa instituições científicas, universidades ou start-ups. O objetivo é encontrar soluções inovadoras para a agricultura, com foco no controle de plantas daninhas, doenças e pragas que podem comprometer a produtividade das lavouras.
Sucesso "Acreditamos que essa [a pesquisa] é a chave do sucesso para uma agricultura sustentável", destacou Bernard Jacquimin, diretor de Desenvolvimento Agronômico da Bayer.

Edson Silva/Folhapress

Por Mauro Zafalon

Vaivém das Commodities

Mauro Zafalon é jornalista e, em duas passagens pelaFolha, soma 40 anos de jornal. Escreve sobre commodities e pecuária. Escreve de terça a sábado.

Fonte : Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *