Vaivém – Consumo mundial de suco de laranja supera a produção

 

O consumo mundial de suco de laranja voltou a superar a produção, o que não ocorria há cinco anos.

Acompanhamento do Usda (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) desta quinta-feira (23) indicou que o consumo é de 1,78 milhão de toneladas, ante produção de 1,73 milhão.

O Brasil é líder na produção, mas com volume menor. A indústria brasileira deve colocar 935 mil toneladas de produto no mercado, estima o Usda, 23% menos do que na safra anterior.

Já os Estados Unidos, principal consumidor mundial, tem retração de 9% na produção.

Os estoques finais, que atingiam 722 mil toneladas na safra 2013/14, recuam para 457 mil no final da 2014/15, prevê o órgão.

O Brasil se mantém na liderança das exportações, que somam 1,18 milhão de toneladas, enquanto a União Europeia deve importar 610 mil toneladas, e os Estados Unidos, 350 mil.

Clima e doenças afetaram a produção mundial de laranjas, que caiu para 48,4 milhões de toneladas. Se concretizado, esse volume será 7% inferior ao da safra anterior.

Editoria de Arte/Folhapress

*

Cabotagem Contrariando a desaceleração da economia nacional, as operações de cabotagem nos terminais de contêineres de Rio Grande (RS) e Salvador (BA), operados pelo Grupo Wilson Sons, cresceram no primeiro semestre deste ano.

Mais arroz No Tecon de Rio Grande, houve um crescimento de 7,4% na movimentação de contêineres, que atingiu 15,6 mil unidades. Já em Salvador, a movimentação subiu para 16,3 mil, 8% mais. O arroz esteve entre as principais cargas movimentadas.

Cana A moagem de cana-de-açúcar desta safra é 6% inferior à de igual período do ano passado. Os dados são da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) e se referem ao centro-sul.

Etanol A produção de açúcar recuou para 10,7 milhões de toneladas, 17% menos do que na safra anterior. Já a de etanol hidratado subiu 12%, enquanto a de álcool anidro recuou 23% nesta safra.

Por Mauro Zafalon

Vaivém das Commodities

Mauro Zafalon é jornalista e, em duas passagens pelaFolha, soma mais de 38 anos de jornal. Escreve sobre commodities e pecuária. Escreve de terça a sábado.

Fonte : Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *