Vaivém – Brasil e EUA confirmam produção recorde de soja; a de milho cai

As notícias desta terça (10) sobre a produção mundial de grãos não são animadoras para os produtores.

A produção sobe, principalmente a de soja, inibindo recuperações de preços no próximo ano, a menos que o El Niño provoque estragos na produção sul-americana.

Com relação à soja, os números de produção são recordes nos principais países produtores.

Os norte-americanos deverão obter uma safra de 108 milhões de toneladas, 1% acima do volume recorde do ano passado, segundo dados desta terça-feira (10) do Usda (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

Já no Brasil, a produção da oleaginosa poderá atingir 103 milhões, se tudo der certo com a safra, conforme dados da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).

Se confirmado, esse valor superará em 7% o da safra anterior.

O volume recorde da safra norte-americana se deve ao aumento de produtividade, estimado em 54,1 sacas por hectare.

Ao registrar esse volume, os norte-americanos superam a produtividade média brasileira, que deverá ficar em 51,4 sacas por hectare, conforme a Conab.

O destaque fica para o Paraná, Estado que deverá obter, em média, 57 sacas por hectare, conforme estimativa do órgão governamental.

Uma notícia um pouco mais animadora para os produtores é que aumenta o consumo de soja nos Estados Unidos, segundo a AgRural.

O esmagamento no país subirá para 51,4 milhões de toneladas, enquanto as exportações vão a 46,7 milhões de toneladas, números superiores aos da previsão de outubro.

Outro dado que mexe com os preços são os estoques finais, que sobem para 45 dias de uso, bem acima dos 18 do ano passado.

O Usda divulgou, também, previsões para a produção de soja da América do Sul. Para o órgão norte-americano, a produção brasileira será de 100 milhões de toneladas, enquanto a argentina fica em 57 milhões e a paraguaia, em 8,8 milhões.

Por Mauro Zafalon

Vaivém das Commodities

Mauro Zafalon é jornalista e, em duas passagens pelaFolha, soma mais de 38 anos de jornal. Escreve sobre commodities e pecuária. Escreve de terça a sábado.

Fonte : Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *