Usina de leite de São Borja deve ser entregue em julho

As obras de implantação do pavilhão que vai abrigar a futura usina de beneficiamento de leite em São Borja, em andamento desde dezembro, encontram-se em fase de finalização.

A construção ocorre em área junto ao Assentamento Cristo Redentor.

O secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Fábio Fronza, prevê conclusão das obras ao longo do mês de julho. O pavilhão terá área uma construída de 113,67 metros quadrados, representando investimento de R$ 303.954,29. Os recursos têm origem em recurso federal, enviado a partir de emendas parlamentares.

O montante da verba também inclui contrapartida da prefeitura.

O grupo de produtores do assentamento que instalará a usina de beneficiamento de leite vai poder concretizar meta que há mais de cinco anos aguarda implementação.

Os equipamentos para a indústria foram adquiridos através de financiamento contratado ao Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais (Feaper).

Os equipamentos são mantidos em depósito no Departamento de Materiais da prefeitura de São Borja.

Agora, depois de vários anos, poderão finalmente entrar em operação.

Os produtores empreendedores do Assentamento Cristo Redentor pretendem a pasteurização de leite e ainda a produção de derivados, como queijos, doces e bebidas lácteas.

O secretário Fronza espera que a iniciativa contribua diretamente para a expansão da bacia leiteira em São Borja. É meta, ainda, montar um veículo coletor, com sistema adequado de refrigeração para recolher a produção leiteira nas diversas localidades do interior do município.

Fonte: Jornal do Comércio

Compartilhe!