União e Estado investem R$ 1 bilhão para amenizar crise do arroz

Fonte: JORNAL DO COMÉRCIO – RS

Preocupado com a comercialização do arroz, devido ao excesso de oferta e preços que não cobrem o custo da produção, o governo do Rio Grande do Sul adotou algumas medidas para minimizar as perdas. Juntos, a União e o Executivo já investiram R$ 1 bilhão para amenizar a crise do arroz.

Entre as principais ações, estão as Aquisições do Governo Federal (AGF), comercialização do arroz por meio do Prêmio para Escoamento de Produto (PEP), Contratos de Opção Público e Privado, credenciamento de armazéns junto a COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO (CONAB) e prorrogação dos Empréstimos do Governo Federal(EGF). Com os mecanismos de comercialização do arroz adotados nos primeiros quatro meses de 2011 pelo Governo Federal será possível escoar 3,5 milhões de toneladas de arroz.

Também o Governo do Estado tem adotado medidas que buscam aliviar o endividamento do setor e garantir mais renda aos arrozeiros. Entre essas medidas está o pagamento de indenização aos produtores que tiveram suas lavouras atingidas por granizo, prorrogação dos débitos referentes ao fornecimento de energia elétrica junto à CEEE e a redução da pauta do arroz em casca.

Houve, também, a conquista do recredenciamento dos armazéns da Cesa junto a CONAB, o que possibilitará aumento dos espaços para estocagem da produção e a interrupção do processo de entrega da unidade de Rio Grande para a iniciativa privada, mantendo aquele posto estratégico para a exportação do arroz gaúcho.