UMIDADE – Chuva persistente banha o Matopiba nos próximos dias


Em uma semana, o acumulado vai passar dos 100 milímetros na divisa de Tocantins e Maranhão e será de pelo menos 70 milímetros na Bahia

Em uma semana, o acumulado vai passar dos 100 milímetros na divisa de Tocantins e Maranhão e será de pelo menos 70 milímetros na Bahia

Entre  os dias 8 e 12 deste mês está prevista a volta da chuva com força para o oeste da Bahia, sul do Maranhão e do Piauí. Também vai chover nas porções norte das regiões Sudeste e Centro-Oeste, e o tempo vai ficar seco no centro e sul do Brasil.

O bloqueio atmosférico, responsável pelo calor e pela estiagem em boa parte do país, chegou ao fim. A partir de agora, uma frente fria estaciona entre o Rio de Janeiro e Espírito Santo, organizando chuva persistente sobre os dois estados, além de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e todo o Matopiba.

Essa frente fria provocou 330 milímetros em 12 horas em Santos, litoral de São Paulo. A média de fevereiro é de 203 milímetros.

Em sete dias, o acumulado vai passar dos 100 milímetros entre o oeste de Minas Gerais e o norte de Goiás, além da divisa de Tocantins e Maranhão. Em Mato Grosso, estimam-se pelo menos 50 milímetros, enquanto que, na Bahia, finalmente voltará a chover intensamente, com acumulado de pelo menos 70 milímetros.

Por outro lado, espera-se tempo seco ou pouca chuva no Rio Grande do Sul, Paraná, interior de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Entre os dias 10 e 20 de fevereiro, a maior parte das simulações mantém a chuva sobre o centro do Brasil com acumulado acima dos 100 milímetros no Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso.

No Sul, a chuva retorna nesse período, mas o acumulado não deverá passar dos 30 milímetros o que auxilia a colheita do arroz, que já foi muito penalizada no Rio Grande do Sul.

As Temperaturas ficam mais baixas neste início de semana no centro e sul do Brasil. A tendência, no entanto, é de retorno do calor, especialmente ao Rio Grande do Sul, até o fim da semana. Por outro lado, boa parte das regiões Sudeste e Centro-Oeste devem passar por uma semana com temperaturas mais baixas.

Pryscilla Paiva, editora de Tempo do Canal Rural

|  Redação – Canal Rural

Fonte: Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *