UM POUCO MAIS DE TEMPO – EUA ainda não estão prontos para fechar acordo comercial, diz Trump

O presidente norte-americano fez a declaração durante coletiva de imprensa ao lado do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, em seu 11º encontro no país

Trump comentou que os EUA têm um desequilíbrio comercial “inacreditavelmente” grande com o Japão / Foto: Casa Branca- Divulgação

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira, dia 27, durante visita oficial ao Japão, que seu governo ainda não está pronto para fechar um acordo comercial com a China, mas ressaltou acreditar que os dois países chegarão a um entendimento em algum momento no futuro. Trump fez a declaração durante coletiva de imprensa ao lado do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

Ainda na coletiva, Trump comentou que os EUA têm um desequilíbrio comercial “inacreditavelmente” grande com o Japão e que Washington também fechará um acordo com Tóquio.

  • Trump mostrou-se ansioso para reduzir o déficit comercial americano com o Japão. Nesse domingo, 26, ele disse, em mensagem no Twitter, que vai deixar para pressionar os japoneses a assinar um acordo comercial depois das eleições para a Câmara Alta japonesa, em meados deste ano. O mandatário americano também deu a entender que espera convencer o Japão a fazer mais concessões.

    Great progress being made in our Trade Negotiations with Japan. Agriculture and beef heavily in play. Much will wait until after their July elections where I anticipate big numbers!

    “Grande progresso sendo feito em nossas negociações comerciais com o Japão. Agricultura e carne em peso no jogo. Muito se espera até depois das eleições de julho, onde eu antecipo grandes números”, afirmou.

    O 10º encontro de cúpula entre Abe e Trump aconteceu em abril, em Washington. Os dois também se encontrarão nos bastidores da reunião do Grupo dos 20, no mês que vem. Líderes do Japão e dos Estados Unidos raramente se encontram em uma série de três meses consecutivos.

    Por Estadão Conteúdo com informações da Agência Brasil

    Fonte : Canal Rural

    Compartilhe!