TUDO DE NOVO | Preços são um atrativo para a aposta no grão

Para o analista de mercado Carlos Cogo, a insistência no milho faz sentido. Mas é preciso que os produtores fiquem sempre atentos às condições climáticas.
– Os agricultores não devem desistir do milho. O mercado está mais favorável até mesmo do que o de soja – garante o consultor.
Segundo Cogo, a explicação para o cenário positivo é justamente a quebra da safra de milho nos Estados Unidos: como a cultura foi mais prejudicada pela seca do que a soja, a tendência é de que o preço do milho se sustente nos próximos meses e que o valor se mantenha alto a longo prazo. Para 2013, a estimativa é de que as exportações brasileiras de milho continuem crescendo, especialmente no primeiro semestre, também em decorrência da queda dos volumes nos EUA – maiores produtores mundiais do grão.

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *