Transferência de Tecnologia – Semana Nacional de C&T discute soberania alimentar

Jorge Duarte - A 13a. SNCT foi aberta oficialmente nesta terça-feira (18) em Brasília

Foto: Jorge Duarte

A 13a. SNCT foi aberta oficialmente nesta terça-feira (18) em Brasília

A abertura oficial da 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) aconteceu nesta terça-feira (18), na sede do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, em Brasília. Com o tema "A ciência alimentando o Brasil", a semana (17 a 23 de outubro) deverá mobilizar a população para debates e atividades sobre C&T, nutrição e alimentação em todo o país, com a parceria da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa. Na cerimônia de abertura o ministro Gilberto Kassab (MCTIC) ressaltou que investir no desenvolvimento da pesquisa agropecuária brasileira é fundamental para a soberania alimentar da população.

O diretor-executivo da Embrapa, Ladislau Martin Neto, que na cerimônia representou o presidente Maurício Lopes, afirmou que a tecnologia é um fator importante na produção agropecuária, sendo responsável por 70% do desempenho da produtividade no campo. "Então cada vez mais investir em C&T e gerar inovações é crucial para manter o setor agrícola brasileiro competitivo e pujante", destacou o diretor.

Até o momento o site do MCTIC mostra que quase 18 mil atividades devem ser realizadas em 425 municípios brasileiros, no período de 17 a 23 de outubro. Já são mais de 1.700 instituições cadastradas nos eventos da SNCT. Para o ministro Kassab, a partir dos seminários realizados dentro da programação da semana, será possível aprofundar as discussões em relação às possibilidades do governo apoiar mais iniciativas que possam trazer segurança alimentar para o país, mais eficiência no modelo agrícola brasileiro e com isso contribuir para o desenvolvimento econômico e social do país. Ele ressaltou ainda a Embrapa como exemplo da importância de investimento em C&T para a produção de alimentos. "A pesquisa agropecuária dessa instituição trouxe resultados expressivos para o agronegócio brasileiro", ressaltou.

  • Para conhecer a programação completa da 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, cliqueaqui.
Homenagem e lançamento

A homenageada da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia deste ano é a engenheira agrônoma Johanna Döbereiner (1924-2000), tcheca naturalizada brasileira responsável por desenvolver a tecnologia de fixação biológica de nitrogênio no solo, trabalho desenvolvido como pesquisadora da Embrapa. A técnica permitiu que o cerrado, de elevada acidez, se tornasse terreno fértil. Isso fez do cultivo no bioma mais barato e natural, já que houve substituição de fertilizantes nitrogenados – insumo caro e poluente.

"Com a utilização dessa técnica é possível gerar uma economia de cerca de 10 bilhões de dólares para o setor produtivo ao evitar a adubação nitrogenada nos plantios de soja", explicou o diretor da Embrapa. E ainda há uma contribuição ambiental significante, segundo ele: a substituição do adubo nitrogenado, que é derivado do petróleo, evita que haja excesso de nitrogênio disponível no solo, impedindo assim a produção do óxido nitroso, que é um poderoso gás de efeito estufa.

"Johanna Döbereiner foi fundamental para mostrar como uma inovação pode ser plenamente apropriada pelo setor produtivo. É uma justa homenagem nesse momento em que a segurança alimentar é importante não somente para o Brasil, mas para o planeta", destacou Ladislau Martin Neto.

Na solenidade de abertura, o ministro Kassab lançou também a primeira publicação da Rede Global de Ensino, Pesquisa e Extensão em Nutrição, Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (NutriSSAN), plataforma tecnológica inaugurada em 4 de agosto, no Rio de Janeiro, véspera da abertura dos Jogos Olímpicos. O MCTIC desenvolveu a ferramenta em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e com apoio da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). A ideia é conectar pesquisadores de vários países para melhorar a nutrição de pessoas de todo o mundo.

Além do ministro Gilberto Kassab, e do diretor Ladislau Martin Neto (Embrapa), participaram da mesa de abertura da 13ª SNCT, o deputado federal Celso Pansera, representando a Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados; Helton Zacarias, secretário executivo do MCTIC; Jailson de Andrade, coordenador da SNCT; e a pesquisadora Fernanda Sobral, representante da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Ana Laura Lima (MTb 1268/PA)
Secretaria de Comunicação – SECOM
analaura.lima@embrapa.br

Fonte : Embrapa