TRAMITAÇÃO – Reforma da Previdência: Plenário da Câmara começa a discutir projeto

Medida precisa do voto favorável de pelo menos 308 deputados em dois turnos de votação para ir à análise do Senado; taxação do agro foi retirada do texto

Plenário Câmara dos DeputadisFoto: Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados

O plenário da Câmara dos Deputados começa nesta terça-feira, dia 9, a discussão da proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19). Aprovada na madrugada de sexta-feira, 5, na Comissão Especial, após 16 horas de debates, o texto precisa do voto favorável de pelo menos 308 deputados em dois turnos de votação para ir à análise do Senado.

Com a aprovação na comissão, as negociações para votação no plenário se intensificaram. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tem recebido líderes partidários, após um fim de semana de conversas na residência oficial da Presidência da Casa. Nesta terça, às 9h, será realizada uma reunião do colégio de líderes.

Otimista com a aprovação da matéria, Rodrigo Maia afirmou que a elaboração do texto que será analisado se deve à capacidade de diálogo e ao equilíbrio do Congresso.

“Vamos viver uma semana decisiva. O grande desafio nosso é a votação no plenário. Temos que mobilizar um número enorme de parlamentares, deputados, deputadas, para um tema que é fundamental e decisivo, mas a gente sabe que foi uma construção”, disse Maia em um podcast publicado em suas redes sociais.

Agronegócio

Na semana passada, o agronegócio saiu vitorioso em uma disputa que poderia onerar o produtor rural em milhões de reais. Isso porque a comissão especial da Câmara decidiu, por 23 votos a 19, retirar o trecho do texto que criava uma tributação previdenciária sobre as exportações do agro. Outro ponto que caiu era a impossibilidade de perdão do passivo do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural).

Por Agência Brasil

Fonte : Canal Rural

Compartilhe!