Terneiros e soja

A questão proposta pelo 41º Fórum Permanente do Agronegócio De Onde Virão os Terneiros? pode parecer, a princípio, fácil de ser respondida. Dos campos, ora. Mas quais campos? Aqui, o tema do evento promovido pelo Sistema Farsul, UFRGS e Sebrae, ontem, em Santa Maria, se revela mais complexo.
Com o avanço projetado da soja sobre regiões tradicionais de pecuária, por conta da euforia em torno das altas cotações da oleaginosa, a criação de gado começa a ser empurrada para áreas menos nobres das propriedades. Por isso, a necessidade urgente de tornar o rebanho gaúcho mais produtivo, com melhores índices de prenhez, ganho de peso e abate.
Os organizadores do evento não querem desencorajar os produtores a obter mais renda com a soja. O que propõem, com esse debate, é fazer com que a desejável integração lavoura-pecuária se torne um bom negócio nas duas pontas do binômio.

Fonte: Zero Hora | OLHAR DO CAMPO | Irineu Guarnier Filho