Telentrega vira opção para quem quer hortifrúti sem sair de casa

Estabelecimento que vende alimentos orgânicos na Capital viu movimento dobrar na última semana

Aromas & Sabores do Campo / Divulgação
Produtos de assentamento de Viamão são entregues em Porto Alegre, após encomendas pelo aplicativoAromas & Sabores do Campo / Divulgação

Com a recomendação de que as pessoas fiquem em casa, cresce a procura também por serviços de telentrega de produtos da agricultura. A Aromas & Sabores do Campo, que leva até consumidores produtos orgânicos a partir do assentamento Filhos de Sepé, em Viamão, viu o movimento praticamente duplicar na última semana. Os pedidos dobraram e foi necessário ampliar em duas vezes a frequência das entregas, que costumava ocorrer uma vez por semana.

— Assim como vimos uma corrida aos supermercados, houve aumento nas encomendas. De domingo para cá, tivemos cem pedidos de clientes novos que não conseguiremos atender — conta Mateus Trevisan, coordenador da Aromas & Sabores do Campo.

A média costuma ser de 35 cestas semanais. A limitação para ampliar vem da logística necessária para dar conta do maior volume de entregas em meio à pandemia de coronavírus. O serviço é feito com mão de obra familiar e os pedidos pelo aplicativo da empresa.

Os produtos — mix variado de legumes, hortaliças e algumas frutas — vêm de agricultores do assentamento e de outros locais, conforme a procura, já que alguns itens não são cultivados no local.

—  O fornecedor é outro limitador. Está havendo um redirecionamento, aumento repentino da demanda — acrescenta Trevisan.

Fonte: Zero Hora