TECNOLOGIA -Agricultura dentro da caixa: conheça o CropBox, um contêiner fazenda

CropBox, contêiner fazenda de 30 m², em que é possível produzir até 2,8 mil pés de diferentes culturas simultaneamente. | Divulgação

CropBox, contêiner fazenda de 30 m², em que é possível produzir até 2,8 mil pés de diferentes culturas simultaneamente.

Manter uma horta e colher frutas e verduras o ano inteiro não é tarefa fácil, principalmente nas grandes cidades, onde falta espaço e tempo. Para solucionar o problema, uma empresa da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, lançou o CropBox, um contêiner fazenda de 30 m², em que é possível produzir até 2,8 mil pés de diferentes culturas simultaneamente.

Veja também

Para quem olha de fora, o CropBox parece como qualquer uma daquelas caixas usadas para transporte em navios. Mas por dentro é bem diferente. A pequena fazenda é ocupada por moderno sistema de plantação hidropônica, que incluí um reservatório de 200 litros de água, uma bomba de impulsão, iluminação fluorescente, além de um conjunto de 18 sensores e uma câmera, que permite o monitoramento e o ajuste de todas as etapas do cultivo por tablets ou smartphones. “Iluminação, nível de CO², nutrientes, pH, temperatura do ar, umidade, ventilação, níveis de água, tudo por ser controlado remotamente”, diz Ben Greene, no site do projeto.

Toda a tecnologia, explica Greene, garante uma economia de 90% de água e 80% de fertilizantes. “O CropBox excluí muitas das variáveis que podem reduzir a produtividade de uma horta convencional, como condições climáticas e insetos”. Segundo os criadores, a ideia nasceu em 2008, depois de um tese de mestrado. A intenção do projeto era criar um local em que fosse possível produzir o ano inteiro, sem gastar muito.

Por enquanto, o preço do contêiner fazenda ainda não é dos mais acessíveis, cada um custa cerca de R$ 172 mil (US$ 43 mil). No entanto, afiram os fabricantes, é possível recuperar o investimento entre 9 meses e 3 anos, dependendo da cultura cultivada.

A intenção da CropBox é expandir os negócios para mercados maiores e mais competitivos, como soja, milho e trigo. Segundo os fabricantes, o projeto é uma alternativa para lugares que tem poucas áreas cultiváveis.

DivulgaçãoPor enquanto, o preço do contêiner fazenda ainda não é dos mais acessíveis, cada um custa cerca de R$ 172 mil

Fonte : Gazeta do Povo