SUSTENTABILIDADE – Produtores de Brasil, Peru e Colômbia debatem produção de cacau amazônico sustentável

Amazônia brasileira conta com cerca de 18,5 mil produtores em 152 mil hectares, com produção de 135 mil toneladas de amêndoas por ano

Cacau também é um dos frutos cultivados com sistema de agrofloresta (Foto: Fernando Martinho)

(Foto: Fernando Martinho)

Representantes da cadeia produtiva do cacau na Amazônia brasileira, peruana e colombiana se reuniram a fim de debater o posicionamento do cacau amazônico sustentável nos mercados globais. A reunião fez parte do 2º Diálogo sobre Cacau, encontro virtual promovido pela Tropical Forest Alliance (TFA), informou a entidade, em nota.

A Amazônia brasileira conta hoje com cerca de 18.500 produtores de cacau em área cultivada de 152 mil hectares, com produção de 135 mil toneladas de amêndoas por ano. Já na Amazônia peruana, estão 138 mil cacauicultores, com produção média de 136 mil toneladas/ano. Os números da Colômbia se posicionam entre os dois outros países.

"Nos nossos diálogos, fica claro que o desenvolvimento sustentável do cacau amazônico e sua inserção mais destacada nos mercados globais está vinculada à consolidação de uma relação de confiança entre produtores e demais envolvidos na cadeia produtiva", comentou a diretora da TFA para a América Latina, Fabíola Zerbini.

"É preciso também engajar outros stakeholders públicos e privados (governos locais, investidores, ONGs) para que os produtores possam contar com as ferramentas necessárias de infraestrutura, crédito e suporte técnico para melhorar a logística da produção e aumentar sua produtividade", assinalou.

Ainda segundo a nota da TFA, os participantes da videoconferência concordaram que, para o fruto se tornar um aliado de fato na conservação da floresta amazônica e resultar em fonte maior de ganho financeiro para as comunidades locais, é preciso incrementar os sistemas de rastreamento do cultivo, fomentar um maior aproveitamento da diversidade genética do fruto, e alcançar uma melhor gestão de qualidade da produção.

O 3º Diálogo sobre Cacau está marcado para o início de dezembro, ocasião em que os participantes de Brasil, Colômbia e Peru terão como objetivo finalizar e assinar o Acordo Conjunto pelo Cacau Originário da Amazônia.

ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte : Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *