Sul-coreana LS Mtron abre primeira fábrica no Brasil

De olho no mercado de máquinas agrícolas voltadas a pequenos e médios produtores rurais, a sul-coreana LS Mtron inaugurou ontem sua primeira fábrica de tratores no Brasil. É a estreia do grupo na América Latina e, na divisão de tratores (LS Tractor), é a primeira unidade fora da Ásia. A companhia mantém atualmente fábricas na Coreia do Sul e China.

Com investimentos totais de R$ 150 milhões no Brasil – R$ 80 milhões dos quais na fábrica instalada em Garuva, no norte catarinense -, a LS pretende conquistar 14% de participação do mercado brasileiro de tratores de 40 a 100 cavalos de potência até 2016, conforme James Yoo, presidente da LS Mtron Brasil.

Em fevereiro, Yoo havia previsto que essa meta seria atingida em 2017, mas ontem o executivo disse que o plano foi revisto diante da boa aceitação do produto no Brasil.

A unidade fabrica atualmente 250 unidades por mês, segundo André Rorato, diretor comercial da LS Mtron Brasil. A meta é que a produção deste ano atinja 600 unidades e, nos próximos anos, chegue a 5 mil unidades anuais. Já em 2014, Rorato estima a venda de cerca de 3 mil tratores no país. A empresa iniciou a comercialização em março, mas de máquinas importadas. A produção no Brasil começou em agosto. A expectativa é que sejam comercializados neste ano 800 tratores, com faturamento bruto de R$ 100 milhões.

Os executivos do grupo já preveem investimentos para expandir a fábrica em um ou dois anos. Yoo diz que, hoje, a empresa recebe pedidos também de países vizinhos.

Na inauguração de ontem, o presidente global da LS Mtron, Jae Seol Shim, disse que a unidade em Santa Catarina é o primeiro passo para uma expansão mais agressiva de outras áreas do grupo no Brasil. "Estamos prontos para os mercados da América Latina e África", disse.

A LS Mtron é uma das principais indústrias do grupo LS, que teve origem na gigante coreana LG e atua no segmento de máquinas e eletrônica. Com vendas anuais em torno de US$ 30 bilhões, a LS está presente em mais de 25 países. A LS Tractor é uma das marcas e divisões da LS Mtron e produz cerca de 50 mil tratores por ano. Em 2011, o faturamento da divisão foi de US$ 264 milhões.

Em entrevista ao Valor em fevereiro, Yoo disse que a estratégia do grupo era vender produtos com tecnologias avançadas a um custo competitivo e com mais especificações que os concorrentes. Ele acrescentou que a companhia poderá produzir 20 mil unidades no Brasil em dez anos. Na ocasião, Yoo também não descartou a incursão da empresa no mercado de máquinas maiores e mais potentes.

O bom momento do agronegócio brasileiro tem atraído o interesse de empresas estrangeiras de máquinas agrícolas. As vendas internas deverão registrar em 2013 um recorde histórico, de acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

A jornalista viajou a convite da empresa

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3301240/sul-coreana-ls-mtron-abre-primeira-fabrica-no-brasil#ixzz2hPqLcQdB

Fonte: Valor | Por Carine Ferreira | De Garuva (SC)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *