Suinocultura na pauta do CMN

O Conselho Monetário Nacional deve se reunir de forma extraordinária, hoje, em Brasília, para definir, entre outros pontos, medida para a suinocultura. A prorrogação de dívidas de investimento e custeio é o ponto principal. Também pode ser aprovado Prêmio de Escoamento a R$ 2,30 o quilo do suíno e a linha de crédito para abate de leitões. Segundo o presidente da Associação de Criadores de Suínos do RS, Valdecir Folador, as dívidas chegam a R$ 40 milhões no Estado. Não há previsão de protestos. Hoje, o deputado Jerônimo Goergen deve encaminhar uma lista de demandas do setor rural, que inclui as necessidades da suinocultura, para os ministérios da Fazenda, Desenvolvimento Agrário, Agricultura e Casa Civil. "O governo pensa em diminuir a cota de milho balcão de 27 toneladas para 16 t por produtor. Um absurdo." A Conab nega a informação.

Fonte : Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *