Suinocultor planeja protesto

Um comitê de crise trabalha para tentar recuperar o preço recebido pelo suinocultor, hoje inferior ao custo produtivo. Após entregar uma série de reivindicações ao governo federal, o grupo volta a se reunir na sexta-feira e prevê uma manifestação no Congresso Nacional em julho.
Entre os pleitos, estão a prorrogação de vencimentos de dívidas; aumento dos tetos para retenção de matrizes para R$ 500 por animal; além da inclusão da carne suína na Política de Garantia de Preços Mínimos. Estudo da Associação Brasileira de Criadores de Suínos mostra que empresas estão pagando em torno de R$ 1,90 pelo quilo vivo, enquanto o preço não poderia ser inferior a R$ 2,60.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *