SOJA – Produtores plantaram 1 milhão de hectares de soja por dia na última semana

Segundo levantamento da consultoria AgRural, semeadura da soja alcançou 42% da área estimada para a temporada 2020/2021 até a última quinta-feira

+FecoAgro Plantio Soja - Crédito Paulo Pires Divulgação (Foto: Paulo Pires/Divulgação FecoAgro)

Paraná lidera trabalhos de campo, enquanto Estados do Centro-Oeste tentam recuperar atraso.(Foto: Paulo Pires/Divulgação FecoAgro)

Em ritmo acelerado no Centro-Oeste do país, o plantio da Safra 2020/2021 de soja atingiu 42% da área estimada na última quinta-feira (29/10), contra 23% da semana anterior, segundo levantamento da AgRural. O aumento significa que os produtores brasileiros semearam, em média, cerca de 1 milhão de hectares por dia na semana passada. O avanço do plantio na segunda quinzena de outubro recuperou o atraso em relação ao mesmo período do ano passado.

O Paraná lidera o plantio, que teve grande impulso na semana do dia 22/10, mas vem diminuindo o ritmo desde a semana passada em virtude da irregularidade de chuvas e da previsão de pouco volume nesta semana. Em contrapartida, os estados do Centro-Oeste tiveram grande evolução no semeio da oleaginosa e se aproximaram da média de cinco anos. Também houve avanço considerável em São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, além de um início acelerado em áreas de sequeiro do Matopiba, de acordo com a AgRural.

A consultoria estima aumento de 3% na área plantada com soja na safra 2020/2021 do Brasil (37,9 milhões de hectares), que tem produção potencial calculada em 131,3 milhões de toneladas, contra 125 milhões na safra 2019/2020.

Milho
O plantio da primeira safra de milho (milho verão) da temporada 2020/2021 chegou a 54% da área estimada para o cereal para o Centro-Sul do Brasil na quinta-feira (29/10), contra 46% uma semana antes. Depois de concluídos os trabalhos no Estado do Rio Grande do Sul e próximos do fim no Paraná e Santa Catarina, a semeadura agora se concentra em São Paulo, Minas Gerais e Goiás, onde a umidade destravou o plantio.

As chuvas registradas na semana passada no Rio Grande do Sul e Santa Catarina favoreceram as lavouras plantadas, embora não tenham sido suficientes para minimizar as perdas por falta de umidade nas áreas plantadas em agosto e setembro.

REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : GLOBO RURAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *