SOJA – NOVA SAFRA – Plantio de soja no Brasil atinge 81% da área

Clima mais favorável tem acelerado os trabalhos para que a safra 2015/2016 seja implantada no país; atraso é o maior desde 2008

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Estoques mundiais de soja são desafio para o Brasil, diz associação
Paraná eleva previsão para nova safra de soja e reduz estimativa para trigo
Clima prejudica soja do Rio Grande do Sul
Importação de soja do Brasil pela China cresce 47% em outubro
O plantio da safra 2015/16 de soja atingiu 81% da área prevista no Brasil, estimou a AgRural. Segundo a consultoria, o clima um pouco mais favorável no fim de novembro no país contribuiu para o avanço semanal de 11 pontos porcentuais. Ainda assim, a área já semeada é inferior aos 85% de igual período de 2014 e dos 89% da média de cinco anos, além de ser a menor desde 2008/2009.

Em Mato Grosso, 95% do plantio foi concluído, conforme a consultoria, e os primeiros talhões semeados em setembro começam a formar vagens. "Embora ainda existam áreas precisando de água, bons volumes de chuva foram registrados durante a semana", informou a consultoria.

No norte do Estado, há expectativa de redução do potencial produtivo em áreas mais afetadas pela estiagem. Outro Estado favorecido pelas chuvas esta semana foi Goiás, que conseguiu fazer a semeadura aumentar de 72% para 91%. "Após um longo período sem chuvas e altas temperaturas, o clima está favorável também no leste do Estado, que planta mais tarde", apontou a AgRural. Em Mato Grosso do Sul, o plantio está finalizado.

No Paraná, que semeou 93% da área, o plantio segue lento no sul e nos Campos Gerais em conseqüência do excesso de umidade. Em Guarapuava, há casos de replantio por problemas na germinação. "No oeste e sudoeste, a falta de luminosidade em talhões em frutificação começa a preocupar produtores", ressaltou a consultoria.

No Rio Grande do Sul, o tempo firme permitiu que o plantio evoluísse 24 pontos porcentuais em uma semana, chegando a 73% e recuperando o atraso em relação à média de cinco anos.

Com chuvas mais fortes após um início de temporada seco, o plantio se acelerou em Minas Gerais, cujo índice saltou de 39% para 66% em uma semana. Em São Paulo, 90% da área foi semeada.

No Matopiba [Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia], depois de um longo período de estiagem, nesta semana as chuvas tiveram melhores volumes e distribuição, apesar de ainda haver irregularidade. Embora o atraso ainda seja grande, o índice na Bahia passou de 15% para 40% em uma semana. No Maranhão, também choveu e o plantio atingiu 33% da área. Com boa umidade, o Tocantins tem 50% da soja plantada, mas ainda há queixas sobre a irregularidade das chuvas no sul do Estado. No Piauí, que plantou 14% da área, a distribuição das precipitações ainda preocupa, e produtores estão semeando só em talhões com umidade.

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *