Soja: fim de semana terá tempo seco para quase todas as grandes áreas produtoras

Segundo os mapas meteorológicos, a tendência é que somente o Norte do país e parte do Nordeste tenham algumas instabilidades

Aos poucos o outono vai mostrando sua característica no país. O tempo seco deve afetar boa parte das grandes áreas produtoras de soja do país neste fim de semana. O frio é outro efeito que está aparecendo mais.

Confira abaixo a previsão do tempo completa! As informações e mapas meteorológicos são da Somar Meteorologia e do Inmet.

SUL

Não há previsão de chuvas para a região Sul nesta sexta-feira.

tempo

No sábado, nada muda e o tempo firme prevalece sobre toda a região. O frio persiste na parte leste de Santa Catarina, nordeste do Rio Grande do Sul e sudeste do Paraná, mas será menos intenso que nos últimos dias.

Nada muda no domingo, com tempo ainda seco em toda a região. As manhãs seguem frias, mas em geral as temperaturas começam a se elevar.

SUDESTE

Boa parte da região terá tempo firme e seco nesta sexta-feira. A exceção é a parte central de Minas Gerais, que pode ter algumas instabilidades.

sul

No sábado as instabilidades se afastam de vez da região e o tempo firme prevalece. As temperaturas seguem baixas durante a madrugada e manhã.

tempo

No domingo o tempo seco prevalece em toda a região.

tempo

CENTRO-OESTE tempo

Na sexta-feira, mesmo sem grandes volumes e de forma mais isolada, pode chover em todo o estado de Goiás, em grande parte de Mato Grosso e no nordeste do Mato Grosso do Sul. Já nas demais áreas sul-mato-grossense e faixa oeste de Mato Grosso a massa de ar seco ainda continua inibindo a formação de nuvens de chuva.

tempo

No sábado, as instabilidades seguem bem espalhadas pelo Centro-Oeste. A chance de chuva é maior no norte de Mato Grosso e de Goiás. No entanto, todas as outras áreas destes dois estados, mais a metade leste de Mato Grosso do Sul podem receber pancadas isoladas e com acumulados baixos.

No domingo o tempo firme prevalece no centro e sul da região, com frio predominante ao amanhecer e anoitecer e tardes quentes, representando uma típica condição de outono, quando a amplitude térmica diária é elevada. A umidade relativa do ar diminui entre Goiás e Mato Grosso do Sul, favorável ao aumento de queimadas.

tempo

NORDESTE

O oeste da Bahia pode ter um dia mais seco nesta sexta-feira, apesar da chance de instabilidades na parte norte da região, já próximo a divisa do estado. No Piauí as chuvas afetam o sul, o leste e o extremo norte do estado. No Maranhão as chuvas seguem espalhadas por todo o estado.

No sábado o tempo seca totalmente no oeste da Bahia. No Piauí as chuvas só devem afetar o norte do estado, o restante terá tempo seco. O Maranhão pode ter uma trégua nas chuvas na parte sul do estado, enquanto o centro e norte terá muitas chuvas.

No domingo quase nada muda. O oeste da Bahia, centro sul do Piauí e sul do Maranhão devem ter tempo seco. Já o norte do Piauí e centro norte do Maranhão podem ter chuvas.

tempo

NORTE tempo

Na sexta-feira, a chuva perde intensidade no Amazonas e chove em forma de pancadas e sem grandes acumulados em quase toda a região Norte. Apenas o Acre e Rondônia terão predomínio de sol, com pouca variação de nuvens ao longo do dia. O que garante mais um dia de grande amplitude térmica, ou seja, manhã mais amena e tarde quente nos dois estados.

tempo

No sábado, o tempo firme continua em Rondônia e no Acre, mas as temperaturas já ficam mais elevadas que nos dias anteriores. Os outros estados da região têm um sábado de sol, alternado por pancadas de chuva a qualquer momento. A maior quantidade de água ocorre entre o oeste do Amazonas e o norte do Pará.