SOJA BRASIL – FESTA DA SAFRA – Cobertura da Abertura da Colheita da Soja mobiliza mais de 200 profissionais

Canal Rural e seus parceiros preparam uma grande estrutura, para mostrar a todo o país a comemoração da colheita da safra de soja 2015/2016

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Goiás recebe a Abertura Oficial da Colheita da Soja
5 motivos para participar da Abertura Oficial da Colheita da Soja
Participe da Abertura Oficial da Colheita da Soja – Safra 2015/2016
Colheita da Soja vai mostrar vantagens da irrigação
Para inovar, produtor deve participar da Abertura da Colheita da Soja
Preparativos finais para a Abertura da Colheita da Soja
Faltam poucas horas para o início da Abertura Oficial da Colheita da Soja – Safra 2015/2016. São dois dias de evento, 28 e 29 de janeiro, na Fazenda Capão Grande, em Cristalina, leste de Goiás. O evento é uma realização do Canal Rural, Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), Aprosoja Goiás e Federação da Agricultura e Pecuária do estado (Sistema Faeg).

O Canal Rural e seus parceiros mobilizaram mais de 200 profissionais para a organização do encontro. São mais de 30 toneladas de equipamentos, 15 mil m² de área e a expectativa de reunir mil pessoas. O trabalho para a comemoração da safra de soja começou há cinco meses. Muito planejamento para o grande dia.

– Muita movimentação, inúmeros caminhões chegando à fazenda com toda a estrutura. O principal desafio agora é lidar com o clima. Estamos preparados. Se vier a chuva, também faremos o evento com a mesma qualidade – exalta a coordenadora de Marketing do Canal Rural, Francila Calica.

O Canal Rural vai transmitir o evento ao vivo para todo o país. Serão 10 horas no ar e 40 profissionais envolvidos neste processo. O Mercado & Companhia será apresentado direto da Fazenda Capão Grande nos dias 28 e 29 de janeiro. Além da participação das equipes de reportagem durante o Rural Notícias.

– Agora é questão de ajustes técnicos, espalhar as câmeras. Vamos fazer um ensaio, para repassar todo o roteiro da transmissão. Temos uma equipe afinada, que sabe o que está fazendo e vamos fazer a melhor transmissão – explica a coordenadora de Transmissões da emissora, Débora Fabrício.

Nada vai passar despercebido na Abertura Oficial da Colheita da Soja 2015/2016. Sete câmeras espalhadas, um drone e uma unidade móvel de transmissão vão trabalhar para levar para todo o Brasil as melhores imagens do evento. O trabalho é pesado, mas não falta alegria.

A lavoura de soja que vai ser colhida no dia do evento já está no estádio R8, o que quer dizer que está pronta para a colheita. Agora é só as máquinas entrarem em campo para o trabalho começar.

A Fazenda Capão Grande, que vai sediar o evento, é considerada uma referência em produção agrícola em Cristalina. Aqui, são plantados cerca de quatro mil hectares de diversas culturas: soja, milho, café e feijão. A estrutura montada no local é inédita e anima o proprietário Luiz Figueiredo, que está na região desde a década de 1980.

– Nós queremos fazer um evento diferenciado. Eu estou vendo a corrida do pessoal para se tornar um dos eventos mais bonitos e mais interessantes feito pela Aprosoja. Eu acredito que vai ser [muito bom] – comemora o produtor rural.

A programação da Abertura Oficial da Colheita da Soja conta com um dia de campo nesta quinta, dia 28, com oito estações, que traz o que há de mais moderno para a cultura da soja. Entre os temas, a nutrição eficiente para o solo e soluções para agricultura de precisão ganham espaço. As perspectivas para o fim da safra de soja também estão entre os assuntos tratados no encontro.

Na sexta, dia 29, um grande evento com transmissão ao vivo para todo o país. Kellen Severo comanda um painel sobre uso sustentável da água na agricultura, às 9h. A partir das 10h30, João Batista Olivi debate o cenário político e econômico para 2016. Terminadas as discussões, máquinas no campo para celebrar o final da safra de soja 2015/2016. Veja a programação completa no site do Projeto Soja Brasil.

Para o consultor do Projeto Soja Brasil, Áureo Lantmann, dois acontecimentos vão marcar a atual temporada da soja.

– Foi observada uma queda de 15 a 18% no consumo de adubo, provavelmente isso não vai interferir no rendimento da soja, isso vai marcar a safra. Outro fator que vai marcar essa safra foi o fenômeno El Niño. Era um fenômeno esperado, mas muito produtor preferiu seguir o calendário ao alerta e isso não deu certo – afirma Lantmann.

Débora Fabrício/Canal Rural

Fonte: Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *