Sobras cresceram em 2018

Maior exportadora de café do Brasil, a Cooxupé reportou na sexta-feira sobras (lucros) de R$ 143,9 milhões em 2018, 42% mais no ano anterior (R$ 101 milhões), segundo informou a cooperativa. Do total, R$ 50 milhões serão direcionados aos cooperados – 70% acima do montante de 2017 (R$ 29,5 milhões). No ano passado, a Cooxupé recebeu 6,45 milhões de sacas de café, volume 36% maior que em 2017, mas a comercialização total (incluindo mercado interno e exportações) caiu 4,9%, para 5,23 milhões de sacas. As exportações recuaram 3,3% ante a 2017, para 3,92 milhões de sacas do grão. As vendas no mercado interno recuaram 7,2%. Já a SMC Specialty Coffees, empresa controlada pela Cooxupé com atuação em cafés especiais, exportou 87,8 mil sacas, crescimento de 35% comparado a 2017. A cooperativa conta com 14,5 mil produtores de café arábica associados espalhados pelos Estados de Minas Gerais e São Paulo.

Por Marcela Caetano

Fonte : Valor

Compartilhe!