Sistema facilita execução de dívida judiciais

A execução de dívidas judiciais no Brasil será facilitada por meio de uma nova ferramenta disponibilizada a juízes de todo o país. Em tempo real, os magistrados poderão ter acesso ao cadastro nacional de veículos e solicitar a penhora ou inserir restrições judiciais brand cialis for sale de transferência, licenciamento e circulação.Intitulado de Restrição Judicial de Veículos (Renajud), o sistema foi apresentado ontem pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em Brasília.

Por meio de uma senha eletrônica, os juízes poderão identificar o proprietário de um veículo e determinar ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) o bloqueio do bem para pagamento de uma dívida trabalhista, por exemplo. Uma das vantagens é a redução da burocracia de execução, com a substituição de ofícios expedidos em papel por despachos on-line.

‘O cidadão buy medicine online é o grande carente nessa relação. Há uma sentença favorável, mas não tem como executá-la. Estamos dando uma dinâmica própria e evitando que haja possibilidade de fuga na execução’, destacou o presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes.

Porém, o juiz corregedor do Tribunal de Justiça do RS, Antônio Vinícius Amaral da Silveira, destaca que a adesão ao sistema não é obrigatória. ‘Trata-se de uma ferramenta que será colocada à disposição dos juízes, para que eles avaliem a necessidade. Cada ação tem sua peculiaridade.’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *