Show Rural apresenta novas tecnologias para aumento de produtividade

Evento realizado em Cascavel (PR) começa nesta segunda-feira (6/2)

por Globo Rural On-line

Divulgação/Coopavel

Vista aérea da feira do ano passado

Com o tema “Sustentabilidade, Biotecnologia, Inovação e Proteção Ambiental”, a 24ª edição do Show Rural Coopavelcomeça nesta segunda-feira (6/2), e se estende até o dia 10 de fevereiro, na cidade de Cascavel (PR).
O evento, que acontece anualmente em uma área de 72 hectares, tem como principal objetivo a difusão detecnologias voltadas ao aumento de produtividade de pequenas, médias e grandes propriedades rurais.
No ano passado, cerca de 188 mil visitantes e 370 expositores estiveram na feira. O Show Rural é reconhecido no setor como referência mundial e recebe as principais empresas internacionais de pesquisa e de equipamentos, lança novos produtos e tecnologias e antecipa as principaistendências para o agronegócio.
Neste ano, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Mendes Ribeiro Filho, visitará a feira. Na terça-feira (7/1), uma missão chilena de produtores rurais e funcionários do Instituto de Desenvolvimento Agrícola (Indap) conhecerá o espaço. O instituto apoia o desenvolvimento dos pequenos produtores agrícolas através de ações de fomento produtivo.

Embrapa

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) também participará do Show Rural com a “Casa da Embrapa”. No espaço, o órgão irá apresentar tecnologias sustentáveis para a produção brasileira, com o objetivo de estimular a agricultura de baixa emissão de carbono e favorecer o incremento de renda por meio da agregação de valor nas propriedades. Na vitrine de tecnologia, serão demonstradas cultivares de soja, milho, sorgo, feijão e forrageiras.
Exemplos de adubação verde, fixação biológica do nitrogênio, controle biológico das pragas, sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta, rotação de culturas e plantio direto na palha também serão apresentados como métodos de contribuição para a redução da emissão de gases de efeito estufa pelo setor agropecuário.

Fonte: Globo Rural

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.