Semana começa com granizo em diferentes estados do Brasil

Veja a previsão completa para todas as regiões do país

 

Semana começa com granizo em diferentes estados do Brasil

 

Sul

Segunda-feira, dia 6

A semana começa com uma frente-fria sobre a região Sul, com chuva forte no norte e oeste paranaense, onde permanece o risco para temporais. Chove de forma isolada em parte de Santa Catarina, mas no Rio Grande do Sul a previsão é de tempo firme.

A temperatura sobe um pouco mais no oeste do Paraná durante a tarde, nas demais áreas a sensação de frio continua. Durante as primeiras horas do dia pode gear em áreas próximas à fronteira com o Uruguai.

Terça-feira, dia 7

Na terça-feira a chuva continua em grande parte do Paraná, mas com baixo potencial para transtornos. O tempo fica firme apenas entre o Rio Grande do Sul e as áreas de divisa entre Santa Catarina e o estado paranaense. O dia começa com com temperaturas baixas, mas a sensação de frio é menor que nos dias anteriores. Na parte da tarde as temperaturas ficam amenas no centro-oeste dos três estados. E o frio continua na faixa leste.

Parta o resto da semana, a tendência é que uma nova frente fria avance pela região. Este sistema traz ventos fortes e risco para temporais no Rio Grande do Sul e no Paraná e tem potencial para trovoadas e eventual queda de granizo. É um sistema que vai passar bem rápido e já na sexta o tempo volta a ficar firme, porém, com temperaturas muito baixas.

Sudeste

Segunda-feira, dia 6

Um frente fria avança pela costa do Sudeste e a chuva continua em grande parte da região com acumulados elevados e risco de temporais nosul de Minas Gerais. A grande quantidade de nuvens e os ventos que sopram do quadrante sul conforme a frente fria avança mantêm a temperatura baixa em grande parte do Sudeste.

Terça-feira, dia 7

A chuva avança pelo interior mineiro e os maiores acumulados podem ocorrer na Grande Belo Horizonte. No Sul de Minas há potencial para volumes elevados, trovoadas e até eventual queda de granizo. Na região central e no norte de São Paulo as instabilidades perdem força e o tempo volta a ficar firme.

O dia começa com temperaturas amenas em toda região e à tarde a sensação de calor aumenta no entre o norte de São Paulo e a divisa entre Minas e Bahia. Na faixa leste dos estados as temperaturas ficam mais baixas.

Entre quarta e quinta-feira outra frente fria avança pela região Sul e chega até o Sudeste, favorecendo a chuva, com potencial para temporais na metade sul de São Paulo. As pancadas ocorrem acompanhadas por trovoadas e eventual granizo. Na sexta-feira o tempo volta a ficar firme. 
Centro-Oeste

Segunda-feira, dia 6

A nebulosidade aumenta em Goiás e no Mato Grosso, mas o potencial para chuva expressiva é muito baixo. No Mato Grosso do Sul, a chuva perde intensidade.

Terça-feira, dia 7

A terça-feira começa com tempo instável no Mato Grosso do Sul, com potencial para trovoadas na maior parte do estado. No decorrer da tarde a chuva perde intensidade. Pode chover isolado também no oeste do Mato Grosso. Entre o norte do Mato Grosso do Sul e as demais áreas da região a nebulosidade até aumenta, mas tem pouca chance para chover.

As temperaturas seguem amenas no estado sul-mato-grossense e mais elevadas entre Goiás e Mato Grosso
Ainda pode chover forte entre quarta e quinta-feira no Mato Grosso do Sul. Mas a partir de sexta-feira o tempo volta a ficar firme e com temperaturas elevadas em todos os estados da região.

Nordeste

Segunda-feira, dia 6

Na segunda-feira, a chuva ocorre de forma mais expressiva em áreas litorâneas do Maranhão. Chove de forma isolada na costa leste nordestina. Nas demais áreas o tempo fica firme. O calor predomina na região.

Terça-feira, dia 7
Os ventos no alto da atmosfera ajudam a formar nuvens carregadas na região do Recôncavo Baiano e também na faixa que vai de Alagoas até o Ceará. Por isso a condição para chover é maior que nos dias anteriores. Mesmo assim, não são esperados elevados volumes de chuva.

No interior nordestino a condição ainda é de tempo seco e baixos valores de umidade relativa do ar, podendo ficar abaixo do ideal nas horas mais quentes do dia.

O tempo seco continua no interior do Nordeste até pelo menos o final do mês de agosto. Apenas nas áreas litorâneas é que pode chover nos próximos dias e a chuva mais volumosa ocorre nas praias da faixa norte.

Norte

Segunda-feira, dia 6

As chuvas se concentram no oeste do Amazonas e faixa norte da região. As demais áreas seguem com tempo seco no decorrer da segunda-feira.

Terça-feira, dia 7

Na terça-feira ainda temos uma condição de tempo seco no Tocantins e no sul do Pará. Nas demais áreas do Norte, a chuva ocorre a qualquer momento, mas sem potencial para volumes expressivos. As temperaturas seguem elevadas em toda Região.

A tendência ainda é de chuva em toda metade norte da região até pelo menos o final da próxima semana. E no Tocantins não deve chover até o final deste mês de agosto.

  Redação – Canal Rural

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *