Segue impasse sobre defensivo

Em reunião realizada ontem com representantes da Simbiose Agro, de Cruz Alta, a Fepam definiu procedimentos para a empresa produzir o defensivo biológico BT (Bacillus thuringiensis), utilizado para o controle da lagarta Helicoverpa armigera. De acordo com o diretor técnico da Fepam, Rafael Volquind, a Simbiose deverá protocolar pedido de alteração da licença de operação para a inclusão do produto. Até então, a empresa havia solicitado apenas a licença prévia de ampliação da fábrica. Segundo a Fepam, a Simbiose já tem condições de começar a produzir em menor escala, contudo, deve aguardar alteração da licença de operação, o que deve ocorrer 30 dias após o pedido.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *