Seca argentina beneficia a soja brasileira

A escassez de chuvas em importantes regiões agrícolas da Argentina criou mais oportunidades de exportação para os produtores brasileiros de soja. Com a alta de preços motivada pela seca argentina, a comercialização do grão acelerou no Brasil nas últimas semanas. Na bolsa de Chicago, onde ontem não houve pregão, contratos da soja em grão acumularam até sexta-feira altas de 2,53% no mês e de 7,36% no ano.

Embora a seca no país vizinho tenha começado em novembro, seus reflexos sobre as lavouras de soja e milho começaram a ficar mais nítidos neste mês. Para a produção de soja, estimativas que inicialmente chegaram a sinalizar 57 milhões de toneladas já foram reduzidas para 47 milhões. Para o milho são esperadas agora até 37 milhões de toneladas, ante 42 milhões de toneladas projetadas.

Por Fernando Lopes, Cleyton Vilarino e Fernanda Pressinott | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *