Sebo bovino: no RS, preços subiram mais de 6% em apenas sete dias

A valorização do óleo de soja contribuiu com a maior demanda pelo sebo bovino na produção de biodiesel. Por outro lado, a pandemia colaborou com um aumentou na produção de produtos de higiene, fatores que explicam esse cenário de preços firmes no mercado do sebo.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, no Rio Grande do Sul, o produto apresentou alta de 6,3% em sete dias e está cotado, em média, em R$5,90 por quilo, livre de impostos.

No Brasil Central, o produto está cotado, em média, em R$5,88, nas mesmas condições, incremento de 6,3% no mesmo período. Para o curto prazo, o viés é de alta, impulsionado pela competição dos setores por essa matéria prima.

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *