Seapa recua e pode mudar PL

Pressionado por pecuaristas, o secretário de Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, admitiu ontem, por meio de sua assessoria, alterações no projeto de lei que institui a rastreabilidade bovina no RS. Depois de ter desafiado parlamentares para uma disputa no voto na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, Mainardi reuniu-se ontem à noite com o presidente da Farsul, Carlos Sperotto, e o relator da matéria, deputado Frederico Antunes, na tentativa de encontrar saída para o impasse. Pela manhã, Antunes protocolou parecer contrário à constitucionalidade do PL que exige identificação obrigatória de 100% do rebanho. Contudo, o parlamentar garante que um acordo é possível e pode ‘congelar’ a tramitação.

A nova proposta de Mainardi é construir um projeto unânime, que compatibilize todos os interesses, o que contrasta com declarações dadas na tarde de ontem. ‘Temos muitos sonegadores influentes interferindo no processo.’ Sobre o parecer contrário de Antunes, Mainardi disse que o parlamentar demonstrou ‘ter mais afinidade com o atraso’. Em resposta, o deputado encarou as críticas com naturalidade na medida em que ele é parlamentar de oposição. ‘A crítica significa que estou no caminho certo.’

Fonte: Correio do Povo |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *