Seapa indica custo do Carne Gaúcha

Fonte:  Correio do Povo

O governo do Estado já tem ideia do quanto custará a implantação do Programa Carne Gaúcha. De acordo com o secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, o orçamento estimado para o período de cinco anos é de R$ 100 milhões. Deste valor, R$ 25 milhões seriam destinados à promoção da carne. Os R$ 75 milhões restantes seriam investidos em rastreabilidade, sendo R$ 15 milhões ao ano.
A intenção é que os recursos venham, em parte, de emendas parlamentares de deputados federais que, segundo Mainardi, já estariam comprometidos com o projeto. Outra parte, teria origem em um fundo privado do setor, a exemplo do Fundesa. "A proposta seria cobrar R$ 10,00 por carcaça. Com o abate de 2 milhões de cabeças no Estado, seríamos capazes de arrecadar R$ 20 milhões anualmente."
O programa, conforme o secretário de Agricultura, é alicerçado na rastreabilidade – na qual os pecuaristas não terão custo -, na promoção da carne e no reforço da extensão rural. A transferência de tecnologia e conhecimento servirá para qualificar os pecuaristas e os trabalhadores das propriedades gaúchas. A meta é rastrear as 14 milhões de cabeças do Estado. Hoje, nem 1% dos exemplares estão brincados. O debate envolve a criação do Instituto da Carne, voltado a certificação, promoção, sanidade e inspeção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *