Saldo comercial recua 38% de janeiro a julho

Depois de um resultado pífio em junho, a balança comercial fechou julho com o segundo melhor superávit mensal do ano: US$ 2,88 bilhões. De janeiro a julho, porém, o saldo está 38% menor do que em igual período de 2011.
O resultado, no entanto, não pode ser considerado uma recuperação do comércio exterior. Os dados estão afetados pela greve da Receita Federal e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que tem atrasado os despachos aduaneiros nos portos do país. O resultado da diferença entre exportações e importações de janeiro a julho ainda é impactado pela valorização do real na maior parte do período.
O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) espera o fim da paralisação para traçar um cenário mais claro para a balança comercial. O secretário executivo, Alessandro Teixeira, não descarta reduzir a meta de exportação para este ano, de US$ 264 bilhões.

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *