Safra de verão do Matopiba deve ser favorecida por neutralidade climática

Agosto será um mês seco, como é comum, mas a chuva retorna a parte da região em novembro

Deve chover no Matopiba a partir de novembro

Pryscilla Paiva, editora de Tempo do Canal Rural

A próxima safra de verão do Nordeste deve transcorrer sobre neutralidade climática do oceano Pacífico Equatorial. Segundo o meteorologista da Somar Celso Oliveira, só o fato de não termos mais o El Niño favorece o regime de chuvas no Matopiba, região produtora formada por Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

“Este ano só não foi tão ruim para os produtores nordestinos porque tivemos um El Niño fraco e as chuvas não ficaram tão escassas”, relembram.

Em agosto, os episódios frequentes de chuva devem continuar concentrados no litoral, do sul da Bahia ao Rio Grande do Norte, onde são esperados volumes acima da média para o período.

Enquanto isso, no interior da região, as precipitações continuam dentro da média, visto que o mês é normalmente mais seco. Com relação às temperaturas, são esperadas elevações, principalmente no Maranhão, Piauí e Ceará.

Mesmo que não seja um cenário ideal para o Nordeste, dá para esperar o retorno das instabilidades para grandes cidades produtoras, como Barreiras localizada no oeste da Bahia, a partir de novembro.

  Redação – Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *