Safra 2013/2014 pode chegar a 195,49 milhões de toneladas

Dados foram divulgados nesta quarta-feira (9/10) pela Conab

por Globo Rural On-Line

 Shutterstock

A safra de milho deve cair no ciclo 2013/2014 e ficar entre 78,43 milhões e 79,62 milhões de toneladas (Foto: Shutterstock)

O Brasil deve produzir até 195,4 milhões de toneladas de grãos na safra 2013/2014. A informação é da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que divulgou nesta quarta-feira (9/10) os primeiros números para a safra nova de grãos do país.
Neste primeiro relatório relativo à safra 2013/2014, os técnicos apresentam estimativas baseadas em intervalos, com limites superior e inferior de projeção para área e safra total e de cada cultura analisada.
A área total a ser cultivada deve variar entre 54,1 e 55,1 milhões de hectares, de acordo com a Conab. Dependendo do número que se confirmar, pode representar um crescimento entre 1,6% e 3,5% em relação à área da safra 2012/2013, calculada pela empresa em 53,34 milhões de hectares.
“Destaque para as culturas de soja, trigo e algodão, maiores responsáveis pelo aumento de área. A estimativa é que o aumento para soja fique entre 3,4 e 5,9% (942,1 a 1.634,5 mil hectares), para o trigo de 15,1% (286,4 mil hectares) e para o algodão de 16,8 a 22,5% (149,9 a 201,1 mil hectares)”, informa o relatório da Conab.
Na produção, o limite inferior do cálculo projeta uma safra de 191,91 milhões de toneladas, podendo chegar a 195,49 milhões. Dependendo do número confirmado, pode significar um crescimento de 2,6% a 4,5% em relação à safra 2012/2013, calculada em 187,09 milhões de toneladas.
“Esse resultado representa um incremento de 4,82 a 8,41 milhões de toneladas, devido, sobretudo, à cultura de soja, que apresenta crescimento na produção de 7,5 a 10,1% (6,15 a 8,26 milhões de toneladas); o algodão, com crescimento entre 22,2 a 28,2% (453,7 a 572,9 mil toneladas); o trigo, com crescimento de 8,9% (390,0 mil toneladas) e o feijão primeira safra, com crescimento de 25,6 a 29,0% (247,2 a 279,8 milhões de toneladas)”, informa a Conab.

IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também divulgou números nesta quarta-feira (9/10), mas relativos à colheita deste ano. A estimativa foi revisada para baixo (-0,2%) em relação ao divulgado no mês passado, chegando a 187 milhões de toneladas. O volume ainda é 15% maior que o de 2012 (161,9 milhões de toneladas).
Dos 26 produtos pesquisados, 15 apresentaram variação positiva em relação ao ano de 2012, segundo o IBGE. Nas três principais culturas pesquisadas pelo instituto, a produção de arroz deve crescer 2,7% (11,69 milhões de toneladas), a de milho 13,2% (80,73 milhões de toneladas, somadas primeira e segunda safra) e a de soja 23,8% (81,35 milhões de toneladas).
Juntas, as culturas de arroz, milho e soja representam 93% da produção de grãos e 86,2% da área colhia no país, de acordo com o IBGE.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *