RURAL – Wuhan identifica embalagens de carne brasileira com traços de coronavírus

Produto contaminado foi coletado em carregamento que está na cidade chinesa desde agosto e que foi exportado por unidade da Marfrig no Brasil

Três amostras de carne bovina brasileira importada pela cidade chinesa de Wuhan apresentaram rastros de Covid-19 em suas embalagens. Um comunicado das autoridades sanitárias da cidade, emitido nesta sexta-feira, informou que o lote de 27 toneladas de onde foram coletadas as amostras contaminadas foi isolado, e a área de armazenagem, desinfectada.

Conforme dados levantados pelas agências AFP e Reuters, o carregamento estava congelado desde agosto, quando chegou à China proveniente de uma das unidades da Marfrig no Brasil. O comunicado de Wuhan não cita medidas contra o exportador brasileiro ou suspensão das importações, mas antecipa que os 112 funcionários do local onde o lote estava estocado foram testados e apresentaram resultado negativo para o novo coronavírus.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) ainda não se manifestou sobre o assunto, assim como a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), que, segundo a sua assessoria, só se pronunciará quando houver comunicado oficial da autoridade chinesa. O grupo Marfrig também não comentou o caso.

Fonte : Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *