RURAL Volume de chuvas frustra produtores de grãos

Chuvas registradas desde sábado também não ajudaram

  • Só 30% da área de 6 milhões de hectares destinada à soja no Estado foram semeados
  • Só 30% da área de 6 milhões de hectares destinada à soja no Estado foram semeados | Foto: Divulgação Pixabay

    As lavouras de soja e milho no Rio Grande do Sul sofrem com o estresse hídrico e as chuvas registradas desde sábado não ajudaram. No caso da soja, o plantio avança lentamente e somente 30% da área de 6 milhões de hectares destinada à cultura já foram semeados, conforme a Emater. O presidente da Aprosoja/RS, Décio Teixeira, garante que as precipitações são “desparelhas”. Segundo ele, na região de Cruz Alta há municípios que registraram pouca ou nenhuma chuva.

    Ércio Luiz Eickhoff, presidente do Sindicato Rural de Ijuí, afirma que depois de 20 dias de tempo seco, o que choveu não teve efeito. “O milho vai render só o que for irrigado e a pouca soja plantada até agora corre risco de replantio, pela germinação prejudicada”, aponta. O mesmo ocorre em Santa Rosa, de acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais local, Denir Frosi. “O milho do cedo está perdido”, diz.

    Ontem, o presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo, se reuniu com entidades para discutir o enfrentamento da seca.

    Correio do Povo

    Fonte : Correio do Povo

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *