RURAL – Valor de referência do leite no RS cai 1,89% em novembro

Segundo o Conseleite, produtor deverá receber pelo litro R$1,4834, contra os R$ 1,5119 pagos em outubro

Mesmo com um preço médio pago pelo litro de leite acima do praticado em 2019, os produtores de leite gaúchos enfrentam grandes dificuldades neste final de 2020. Ontem, em reunião virtual, o Conseleite anunciou o valor de referência a ser pago ao produtor em novembro, de R$ 1,4834, 1,89% abaixo do preço consolidado em outubro, de R$ 1,5119. No acumulado de 2020, o valor de referência ficou na média de R$ 1,3992, 19,45% acima do ano passado.

O problema, afirma o vice-presidente da Fetag, Eugênio Zanetti, é que o valor de referência, embora acima do ano passado, não acompanha a alta dos custos de produção trazida pela estiagem e pela disparada no preço do milho. "Para o produtor médio e grande, o custo de produção está empatando com o valor de referência de novembro" compara Zanetti, ao observar que, no caso do pequeno produtor, já foi ultrapassada esta linha e os prejuízos se acumulam, chegando ao extremo das famílias terem de descartar os animais por não poderem bancar a alimentação. O dirigente diz ainda que o governo federal está demorando demais para disponibilizar estoques de milho da Conab para o Estado.

Nereida Vergara

Fonte ; Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *