RURAL – Safra de pêssego de Porto Alegre neste ano terá mais qualidade e quantidade que a de 2019

Inverno frio e primavera pouco chuvosa devem trazer mais sabor às frutas. Previsão é colher 160 toneladas

  • Safra passada não foi tão boa em razão de geadas e vendavais

    Safra passada não foi tão boa em razão de geadas e vendavais | Foto: Divulgação Emater

    A safra de pêssego de Porto Alegre será boa tanto em qualidade como em quantidade neste ano, de acordo com a Emater-RS/Ascar. A previsão é colher 160 toneladas, 20 a mais que a safra de 2019. “Houve poucos vendavais, frio intenso no inverno, que ajudou a amadurecer as gemas florais, e poucas chuvas na primavera, que beneficiou o desenvolvimento do fruto”, esclarece o extensionista da Emater/RS-Ascar em Porto Alegre, Luís Paulo Vieira Ramos. Se chover até este domingo, ele garante também que os pêssegos que foram plantados tardiamente estarão tão bons quanto estes. Até o momento, 20% dos 20 hectares com a cultura foram colhidos na capital. A previsão de término da colheita é final de dezembro.

    Já a comercialização das frutas está sendo feita de forma direta, no Largo Glênio Peres, na Redenção aos domingos e em pontos tradicionais de oferta da fruta nos bairros Vila Nova, Ipanema, Restinga e outros. O preço médio é de R$ 8,00 o quilo. A tradicional Festa do Pêssego, que ocorre em novembro, em Vila Nova, foi cancelada devido à pandemia.

    Carolina Pastl*

    *Sob supervisão de Elder Ogliari

    Fonte : Correio do Povo

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *