RURAL NOTÍCIASAGRICULTURANOTÍCIAS – FUTURO – Feira traz novidades tecnológicas para o campo

Fonte:divulgação

Equipamentos prometem economia nos custos de produção e maior lucro na safra; confira algumas das novidades

 

Com a evolução dos equipamentos e o maior entendimento do processamento de dados no mundo do agronegócio, a aplicação de tecnologia é cada vez mais relevante para o produtor rural que pode, com um certo investimento, reduzir custos e aumentar a produtividade. São essas possibilidades que a Digital Agro, realizada entre esta quinta e sexta-feira em Carambeí, no Paraná, tenta levar para o produtor rural.

Para Antônio Carlos Bentin, diretor comercial de uma sementeira no interior do Paraná, a atualização no setor é fundamental e, para buscar mais conhecimento, ele foi até a principal feira de tecnologia da América Latina. “Acabou a visão do simples produtor rural. Atualmente, é preciso ser empresário rural e, como todas as empresas, a implementação da tecnologia é fundamental”, disse.

Um software que compila dados de solo, plantio, pulverização e colheita de grão em uma plataforma única chamou a atenção de Bentin pelo custo-benefício. Enquanto a máquina trabalha, acaba armazenando dados que o produtor pode acessar de qualquer dispositivo móvel e, se necessário, é possível corrigir na mesma hora. “Temos que ver a proposta de valor que essa tecnologia está entregando, mas me parece bastante interessante”, disse.

De acordo com a analista de marketing da Climate, Aline Hasse, o software Field View é totalmente intuitivo. “A conexão é feita do drive com o tablet dentro da máquina, que é iniciada em menos de 15 segundos e o agricultor precisa apenas cadastras os equipamentos da propriedade, os talhões que ele vai fazer as operações e, com isso, poderá fazer o mapeamento”.

Economias

Além de melhorar a gestão, a tecnologia também ajuda o produtor a economizar. No caso de um protótipo de trator movido a biometano desenvolvido na Europa e em testes no Brasil, a economia virá com a companhia da sustentabilidade.

“Esse é o único modelo na América Latina e no Brasil. Ele produz uma economia de cerca de 40% no custo operacional de uma fazenda. A queima do metano é muito mais completa do que a do diesel, então a emissão de CO2 se reduz até 80% quando você compara”, disse o gerente de desenvolvimento de produtos da New Holland, Nilson Righi.

Outros produtos como o trator da New Holland se multiplicaram no mercado nos últimos anos, ajudando a reduzir os custos e aumentar a produtividade rural. Por outro lado, a nova geração que deve comandar a propriedade rural nas próximas décadas se mostra bastante interessada nas novidades.

“O jovem do campo é mais antenado e está mais ligado à tecnologia. Com o surgimento das novas máquinas, fica um pouco mais difícil para a geração anterior a questão da gestão da propriedade. É um fator que faz com que a aceitação da geração que está vindo agora seja maior por parte dos mais velhos”, disse o vice-presidente da Associação Brasileira de Marketing Rural, Maurício Mendes.

  • Bruna Essig | Carambeí (PR)
  • Fonte :Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *