RURAL – México amplia isenção de tarifas para arroz brasileiro

Ampliação foi de 30 para 75 mil toneladas

  • O Ministério da Agricultura confirmou nesta quarta-feira ao Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) que o México ampliou a cota de arroz em casca com isenção de tarifa que pode ser importada do Brasil para 75 mil toneladas. No ano passado, a cota era de 30 mil toneladas. O limite para 2021 já havia sido anunciado no final de 2020, quando da aprovação do Certificado Zoosanitário Internacional, que possibilitou a exportação de produtos avícolas para o mercado mexicano
  • De acordo com o presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Alexandre Velho, essas 75 mil toneladas são  apenas as autorizadas pelo México a entrar sem taxação e não representam o volume de negócios com o grão que poderão ser fechados ao longo do ano com o mercado daquele país. Segundo Velho, dependendo da quantidade exportada para o México, somada às vendas para outros compradores, pode haver impacto nos preços do arroz no mercado interno brasileiro.

    No ano comercial de março de 2020 a fevereiro de 2021, o Brasil exportou 1,7 milhão de toneladas de arroz, tendo como mercado principal a Venezuela.

    Nereida Vergara

    Fonte : Correio do Povo

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *