RURAL – Exportações de carne de frango crescem 4,6% de janeiro a maio

Segundo a ABPA, embarques de carne suína também registraram elevação no período

As exportações brasileiras de carne de frango (incluindo produtos in natura e processados) registraram alta de 4,6% nos cinco primeiros meses do ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Os embarques alcançaram um total de 1,846 milhão de toneladas. Em receita, a alta acumulada é de 4,8%, com um montante de 2,826 bilhões de dólares. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Em maio, foram exportadas 414,3 mil toneladas, número 3,7% superior a maio do ano passado. Entre os principais importadores, os destaques são as Filipinas (com alta de 65,3% desde o início do ano), Rússia, Reino Unido e Chile. O Rio Grande do Sul ocupa a terceira colocação entre os estados exportadores, atrás de Paraná e Santa Catarina, com 287,8 mil toneladas embarcadas no acumulado do ano.

"O bom ritmo das vendas de carne de frango para o mercado internacional vem ajudando a equilibrar a pressão gerada pelos custos de produção às empresas que têm acesso às exportações — que representam em torno de 70% das plantas sob inspeção federal", avalia o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Os embarques de carne suína também registraram alta no período, com 453,9 mil toneladas de janeiro a maio, o que representa alta de 18,44%. A receita acumulada alcançou 1,079 bilhão, alta de 22,9%. A China continua sendo o maior exportador, com 238,7 mil toneladas, alta de 29% em relação ao ano passado.

Fonte : Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *