RURAL – Expointer deste ano recebe 2.820 inscrições de animais

Número quase triplica o do ano passado, quando exposição não foi aberta ao público, e é inferior ao de 2019, quando ainda não havia pandemia

  • Na exposição presencial mais recente, há dois anos, Parque Assis Brasil recebeu 3.975 animais
  • Na exposição presencial mais recente, há dois anos, Parque Assis Brasil recebeu 3.975 animais | Foto: Fernando Dias / SEAPDR / Divulgação / CP

    A Expointer deste ano irá contar com 2.820 animais de argola (que irão a julgamento). Os números foram divulgados ontem pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), após o encerramento das inscrições, na sexta-feira. A quantidade é maior que a de 1.019 animais do ano passado, quando os julgamentos ocorreram sem a presença do público, mas inferior à de 3.975 exemplares da última edição da Expointer presencial, em 2019.

    O grande destaque são os ovinos, com 810 animais de 14 raças. Para o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco), Edemundo Gressler, o número reflete o bom momento vivido pela ovinocultura. “No ano de 2020 não paramos de produzir e investir em genética”, ressalta.

    Já os bovinos de corte estarão representados por 436 animais de 15 raças. A estreante é a Murray Grey, originária da Austrália. E a Maine Anjou, que já marcou presença em Esteio, retorna ao parque após alguns anos de ausência. 
    O chefe do Serviço de Exposições e Feiras da Seapdr, Paulo Coelho de Souza, ressaltou que o número de inscritos superou as expectativas por se tratar de uma Expointer de retomada, em um momento que ainda requer cuidados em relação à pandemia da Covid-19.

    O presidente da Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça (Febrac), Leonardo Lamachia, comentou que o número surpreendeu. “Quase triplicamos em relação ao ano passado”, comemorou. O desempenho é atribuído a três fatores principais: o avanço da vacinação contra a Covid-19, que traz mais segurança aos participantes; o fato de a exposição não ter sido interrompida em 2020; e o bom momento da pecuária. “Aqueles que não foram no ano passado estão felizes em retornar, e quem foi viu o quanto deu certo”, resumiu Lamachia.

    Dirigentes de associações de criadores demonstram entusiasmo em voltar a ter uma Expointer com público. “Termos 140 inscritos na Expointer ainda em pandemia mostra que o produtor está saudoso em mostrar estes animais”, afirma o presidente da Associação dos Criadores de Gado Holandês (Gadolando), Marcos Tang. A raça será representada por animais de 19 expositores. “Essa é uma Expointer histórica, com um formato diferente do habitual. Por isso, o número de inscritos é bastante positivo”, completa a superintendente de registros da Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC), Silvia Freitas. A entidade recebeu 246 inscrições.

    As inscrições de animais rústicos e equinos destinados exclusivamente a provas e leilões segue até o dia 18 de agosto. A exposição ocorre de 4 a 12 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

    Danton Júnior

    Fonte : Correio do Povo

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *