RURAL – Colheita na área da Cotrijal supera a média estadual

  • Uma das principais cooperativas agropecuárias do Rio Grande do Sul, a Cotrijal, de Não-Me-Toque, divulgou nesta semana os números da colheita de verão 2020/2021 na sua área de atuação. O resultado mostra uma safra de contrastes. Na cultura da soja, a falta de chuva prejudicou muitas lavouras, especialmente as semeadas mais tarde e localizadas nas áreas mais ao norte. Por outro lado, os produtores localizados nas áreas onde houve maior regularidade de chuvas conseguiram ótimos resultados.
  • A produtividade ficou em 65,4 sacas por hectare, dez sacas a mais do que a média do Estado. Na safra anterior, prejudicada pela estiagem, a média regional havia sido de 44,3 sacas por hectare. “Foi uma safra de muitos desafios, especialmente em relação ao clima e aos manejos necessários na lavoura”, resume o gerente de Produção Vegetal da Cotrijal, Alexandre Doneda.
    No milho, a produtividade obtida foi de 173,3 sacas por hectare, bem acima da média estadual, que segundo a Emater é de 90,5 sacas. Na safra passada, haviam sido colhidas 131,1 sacas. 

    Danton Júnior

    Fonte : Correio do Povo

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.