RURAL – Aprosoja Brasil propõe que Plano Safra destine R$ 3 bilhões para armazenagem

A Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) propôs que o governo federal direcione R$ 3 bilhões do Plano Safra 2021/2022 ao Programa para Construção e Ampliação de Armazéns. A entidade defende também que 50% desses recursos sejam direcionados para armazéns com capacidade de até 1 mil toneladas, financiados com taxas de juros de até 5%.

“A armazenagem é crucial, mais importante até que o custeio agrícola”, afirma o presidente da Aprosoja Brasil, Antonio Galvan. Segundo ele, investir em depósitos traz benefícios como a redução do custo do frete e melhor trafegabilidade nas rodovias em tempos de colheita porque evita a sobrecarga e permite que o fluxo das vendas e do transporte seja escalonado. O dirigente lembra ainda que a construção de armazéns em sistema de condomínio pode beneficiar pequenos produtores.
O presidente da Aprosoja do Rio Grande do Sul, Décio Teixeira, concorda com a sugestão argumentando que a construção de armazéns nas proximidades da lavoura facilita a vida do agricultor. O Plano Safra 2021/2022 será anunciado durante este mês e entra em vigor no dia 1º de julho.

Nereida Vergara

Fonte : Correio do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.